TECNOLOGIA
Mais Lidas
Agenda Bahia

Cidade inteligente é aquela que preza pela qualidade de vida dos moradores

Para ser considerado sustentável, local de moradia deve reunir práticas que priorizem o bem-estar dos residentes

Jorge Gauthier (jorge.souza@redebahia.com.br)
Atualizado em 11/07/2017 13:55:14

Salvador precisa pensar no futuro de forma sustentável. Essa foi a meta apresentada pelo prefeito ACM Neto, na abertura do Fórum Agenda Bahia 2014, que começou a debater, na terça-feira, dia 11, o tema Cidades Sustentáveis. “Se eu pudesse resumir a sustentabilidade em uma única expressão eu diria que ela é igual à qualidade de vida. Quando a gente encara os problemas do dia a dia das cidades brasileiras, especialmente as metrópoles, como é o caso de Salvador, percebemos que esses problemas tiram qualidade de vida de seus moradores”, avaliou o prefeito.

 

Neto: "É preciso compromisso coletivo para planejar o futuro de Salvador" (Fotos de Evandro Veiga)

 

Para desenhar esse futuro, segundo ACM Neto, é preciso agir já no presente. “É fundamental que haja um compromisso coletivo para planejar o futuro, mesmo sabendo que essas ações só vão se refletir daqui a algumas décadas”, explicou. “Por isso, Salvador hoje está tocando o projeto Salvador 500, pensando a cidade para os próximos anos, integrando nos aspectos social, econômico e ambiental, incluindo o novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e nova lei de Ordenamento e Uso do Solo”, garantiu.

O prefeito destacou algumas medidas relevantes. “No plantio de árvores, nossa meta até 2016 é plantar 100 mil árvores na cidade. Ano que vem, vamos entregar o Parque da Cidade todo reformado e também estamos realizando a recuperação de passeios, todos eles com piso tátil”, afirmou.

Outra ação indicada pelo prefeito foi a instalação da iluminação de LED e também da adoção de energia solar nos prédios públicos. “Na mobilidade urbana, recentemente, assinamos um novo contrato de concessão do serviço de transporte exigindo renovação completa da frota para ter níveis menores de poluição na nossa cidade, além de conforto para o usuário”, afirmou.

 

Antônio Carlos Júnior: "Tema Cidades Sustentáveis é desafio para governos, empresas e sociedade" 

O prefeito adiantou “meta ambiciosa”: o projeto Salvador Vai de Bike contará com 350 quilômetros de ciclofaixas, ciclovias e ciclorrotas para que a bicicleta passe a ser vista como um meio de transporte adequado às práticas de sustentabilidade. Além disso, o prefeito anunciou que vai lançar uma campanha em toda a cidade em defesa da limpeza urbana: quem jogar lixo na rua será multado. “Vamos iniciar com uma fase educativa e depois vamos distribuir os agentes de fiscalização de limpeza na cidade”, revelou.

Com auditório lotado, especialistas do Brasil e do exterior debateram O Futuro das Cidades, tema do primeiro seminário do Fórum Agenda Bahia deste ano. O presidente da Rede Bahia, Antonio Carlos Júnior, destacou que o tema deste ano, Cidades Sustentáveis, afeta diversos setores e é essencial, pelo aspecto econômico, social e ambiental.

“O Agenda Bahia 2014 tem como tema Cidades Sustentáveis, um grande desafio para governos, empresas e sociedade. Este ano, o fórum inova ao escolher um tema único que será transversal nos quatro seminários”, disse o presidente da Rede Bahia.

 

Ricardo Alban: "Qualquer setor da economia precisa ter uma estrutura de cidade agradável"

Também na abertura do evento, o atual presidente da Fieb, Ricardo Alban, afirmou que é desejo do setor industrial da Bahia aumentar sua competitividade sem esquecer a sustentabilidade. “Não existe crescimento econômico sustentável sem o crescimento da indústria. Qualquer setor da economia precisa ter uma estrutura de cidade agradável, sustentável e em condições de circulação e ambientação. Isso está relacionado com a capacidade produtiva. É difícil manter o nível de produtividade do colaborador quando, por exemplo, ele tem angústia e dificuldade em se locomover na cidade”, lembrou.

Ricardo Alban prometeu seguir as metas do seu antecessor, Carlos Gilberto Farias (que morreu há mais de uma semana), de interiorização da indústria e apoio à pequena e média empresa sem tirar a atenção dos grandes investimentos.

O Fórum Agenda Bahia é realizado pelo jornal CORREIO e rádio CBN, com apoio da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb).

publicidade

Últimas

+ Notícias